Sisutec e Pronatec no desenvolvimento da educação

Um dos grandes marcos da educação no cenário nacional foi a criação do SISUTEC.

O SISUTEC, para quem não conhece, é um sistema de informatização coordenado pelo Ministério da Educação e que tem como objetivo agregar faculdades públicas e privadas que desejam angariar vagas de ensino técnico para aqueles candidatos que prestaram o Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM.

Em vigência desde 2013, esse sistema buscou complementar outro grande programa governamental; o PRONATEC, que também oferece cursos gratuitos para a formação técnica dos brasileiros.

Como as inscrições em faculdades e universidades acontecem duas vezes por ano, a realização do processo seletivo do SISUTEC, por conseguinte, também ocorre no começo e no meio do ano letivo.

Caso você tenha se interessado pelo programa, é importante que saiba algumas peculiaridades sobre esse sistema.

A sua aprovação ou não para concorrer ao SISUTEC depende exclusivamente na nota que foi obtida no último ENEM.

Não existem outros requisitos que podem ser levados em conta, como renda familiar, idade e etc., apenas é visto se você prestou o Exame Nacional e obteve média necessária.

Depois de ter obtido a nota requisitada pelo curso, você poderá se matricular em qualquer faculdade ou universidade do país que adote o sistema do SISUTEC.

A inscrição e os cursos são oferecidos diretamente pela internet e podem ser concluídos de maneira bem prática.

Para isso, você deverá colocar por ordem de preferência a primeira e a sua segunda opção.

Portanto, fique sempre atento a nota de corte, pois dependendo da nota, se você perceber que aquela pontuação está maior do que a você atingiu, mude de curso.

Depois das notas de corte serem concluídas, aí não será mais possível realizar a alteração.

Então, depois de ter cumprido todas as etapas apresentadas aqui, é essencial que você tenha conhecimento de todas as instituições que disponibilizam seus cursos profissionalizantes de forma gratuita para a população brasileira.

E são elas

  1. Centro Universitários
  2. Universidades
  3. Faculdades públicas
  4. Faculdades privadas
  5. Instituições do Serviço Nacional de Aprendizagem
  6. Institutos Federais
  7. Escolas técnicas do Estados
  8. Escolas técnicas privadas  

Deu para perceber que são as várias as instituições que querem desenvolver a educação e transformar essa geração em uma geração intelectual e capacitada.

Não perca tempo e realize o seu Exame Nacional para garantir sua vaga no programa. Faça sua inscrição no sisutec aqui.

PRONATEC: UMA FORMA DE MUDAR DE VIDA

Devido a tempos difíceis que o país passou e está passando nos últimos anos, foi possível perceber que as vagas de trabalho foram sendo drasticamente reduzidas.

Além de que, muitas empresas diminuíram seu contingente de empregados, pois a produção estava maior que a demanda.

Claro que hoje, o mercado melhorou um pouco, trazendo uma nova estabilidade financeira.

Porém, podemos tirar desse episódio da crise econômica uma ideia; aqueles trabalhadores qualificados tiveram mais chance de terem seus empregos firmados, enquanto os menos qualificados, em momentos difíceis, são os primeiros a serem demitidos.

Com base nisso, resolvemos trazer um pequeno texto com o intuito de mostrar a vocês como o PRONATEC é uma forma de mudar de vida.

 O QUE É O PROGRAMA?

Criado em 2011, o PRONATEC ou Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego veio com objetivo de capacitar profissionais, que em geral, não tinham condições de arcar com altos custos de bons cursos profissionalizantes.

Você pode saber mais sobre em: http://www.pronatecgov.com/

Além disso, com base em pesquisas, o Governo, na época, percebeu a carência de profissionais devidamente qualificados no mercado de trabalho e por isso, também quis mudar essa realidade brasileira que se assola.

E não é que deu certo?

Em 2016, já foram mais de 2 milhões de estudantes que se aperfeiçoaram nas áreas oferecidas pelos cursos.

Então, me diga, você não vai perder essa oportunidade não é mesmo?

As inscrições são feitas de maneira simples e totalmente gratuita.

O que o Governo busca são jovens empenhados em mudar de vida e se destacar no meio profissional. Já que um bom trabalhador, gera mais renda para o país, favorecendo assim toda a cadeia profissional.

Porém, por ser um programa governamental e consequentemente de iniciativa pública, são necessários certos requisitos a serem cumpridos para que o cidadão possa usufruir do PRONATEC.

Primeiro, a renda familiar desse aluno deve ser de no máximo 2 salários mínimos por mês.

Por que isso? Porque a ideia é melhorar a qualificação dos jovens baixa renda. Por isso, esse deve ser o primeiro requisito a ser levado em conta.

Em segundo, o candidato deve está frequentando o ensino fundamental ou o ensino médio ou já ter terminado o ensino médio.

E por fim, o aluno deve estar devidamente cadastrado no CadÚnico e não ter feito naquele respectivo ano, mais de 2 cursos no programa.

Em caso de dúvidas, deixe sua pergunta nos comentários abaixo.