Como concorrer à bolsa integral do Prouni

bolsa integral do Prouni

O Programa Universidade para Todos (Prouni) desde 2005 tem beneficiado muitos jovens a conquistarem sua vaga no ensino superior. A cada ano o fluxo de informações aumenta e o interesse também cresce pela bolsa do Prouni. Em 2019 houve um recorde histórico desde a criação do programa com 243.888 vagas, sendo 116.813 bolsas integrais. Com um aumento das buscas, as universidades têm aderido cada vez mais igualmente ao programa. Hoje você conhecerá um guia para concorrer à bolsa do Prouni.

Critérios para concorrer a bolsa Prouni

– Ter nota do último Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) aplicado com média superior a 450 pontos e prova de Redação com nota superior a zero.

– Não ter diploma de ensino superior.

– Ter renda familiar bruta mensal de 1,5 a 3 salários mínimos por pessoa.

– Concluído o ensino médio em escola pública ou na escola particular com bolsa integral, ou o ensino médio parcialmente em escola particular com bolsa integral ou possuir alguma deficiência ou ser professor da rede pública.

As inscrições, no geral, duram um mês aproximadamente e contam com: duas opções, modalidades de cotas, duas chamadas e lista de espera – semelhante ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu). As notas de corte atualizam sempre no período da manhã. A diferença entre o Sisu e o Prouni, é que o Prouni abre duas vezes por ano.

O guia para acessar o sistema e concorrer à bolsa integral Prouni

  1. Você vai acessar o endereço oficial http://siteprouni.mec.gov.br/
  2. Realizar seu cadastro segundo consta no edital do ano que você vai concorrer. O cronograma também é lançado no site e no aplicativo oficial. Nessa etapa você vai precisar dos seus dados do ENEM e ter tempo e uma boa conexão para responder o questionário socioeconômico.
  3. Após realizar e acompanhar sua inscrição e ter passado os períodos de lista de espera, você clica na aba “ver resultado” e irá visualizar a lista dos classificados. Nesse caso você deve utilizar os filtros para buscar o curso e verificar se seu nome está na lista. Outra opção é procurar o contato da instituição desejada uma vez que eles também divulgam os aprovados.
  4. Selecionado, o aluno deverá se dirigir pessoalmente à instituição que o aprovou levando todos os documentos necessários. Procure o cronograma da universidade; a partir desse momento a responsabilidade não é mais do site do Prouni. Tenha cuidado com os documentos de familiares que porventura moram longe de você, busque esses documentos com antecedência.
  5. Nesse processo você será cadastrado no Sistema Informatizado do Prouni. Esse sistema verificará seu andamento no curso e garantirá sua

 

Uma dica para você concorrer com sucesso é instalar o aplicativo oficial já mencionado na etapa 2. Além de ser notificado, por meio dele você pode simular sua nota e pesquisar de forma muito prática o curso que você deseja, selecionando cidade, instituição, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *