SPC e SERASA Qual a diferença?

Muitas pessoas quando não realizam o pagamento das suas contas em dia acabam sujando o seu nome, e o tendo como negativado. Isso ocorre porque existem órgãos que protegem as empresas e lojas a fim de que essas não sejam vítimas em relação à falta de pagamento dos consumidores.

Quando ocorre a negativação, o CPF do consumidor fica registrado no SPC e no SERASA. Mas, você sabe qual a diferença entre essas duas instituições? Para descobrir, continue acompanhando a nossa matéria de hoje.

O que é SPC e SERASA?

Tanto o SPC quanto o SERASA são órgãos de proteção ao crédito, e por isso essas duas instituições fazem o registro de informações pessoais, como o CPF e o nome de pessoas que têm dívidas, de modo a oferecer mais segurança para os bancos, empresas e lojas.

Por mais que o SPC e o SERASA exerçam atividades semelhantes, esses dois órgãos são considerados diferentes, e é essa distinção que veremos a seguir.

SPC x SERASA: qual a principal diferença?

Em geral, o SERASA recebe informações de consumidores que possuem dívidas em bancos e o SPC possui dados de pessoas que devem no comércio. Mas as principais diferenças entre SPC e SERASA são em relação às suas datas de criação e métodos de consulta dos negativados.

O SPC é patrocinado pelas associações comerciais. Assim, essa instituição disponibiliza os dados de pessoas físicas e jurídicas que se encontram negativadas.

Já o SERASA foi desenvolvido em conjunto com a Associação de Bancos do Estado de São Paulo, e por isso tem um forte vínculo com os bancos. Atualmente, o SERASA pertence a uma organização irlandesa chamada de Experian.

Simples a diferença entre essas duas instituições, não é mesmo? Para saber mais informações em relação à situação do seu CPF, consulte o site de ambos os órgãos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *